Ferramentas DAPP

DAPP participa de conferência do Columbia Global Center sobre governança e transparência

Pesquisadora fala sobre iniciativas da Diretoria na área de visualização de dados no evento '(Des)conferência: Hackeando a Burocracia'

há 4 meses

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da FGV participou nesta quarta-feira do evento “(Des)conferência: Hackeando a Burocracia – Táticas bottom up para inovar no setor público brasileiro”, organizado pelo Columbia Global Center Rio de Janeiro no Google Campus São Paulo. A Diretoria foi representada pela pesquisadora Maria Isabel Couto, que falou sobre acesso a dados e mecanismos de transparência na Segurança Pública.

A pesquisadora apresentou no painel “Ver para crer: Como (e porque) dar almas aos dados” a mais recente ferramenta desenvolvida pela Diretoria na área de Segurança Pública, o DataCrime. A iniciativa oferece, de forma simplificada, um amplo panorama do setor através de dados declarados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pelo Sistema Único de Saúde (SUS), pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Maria Isabel destacou que o DataCrime tem o intuito de auxiliar na construção de uma interpretação robusta acerca da problemática da segurança pública no país e, com isso, fomentar um ambiente democrático no qual a população tenha acesso à informação necessária para cobrar uma atuação pública mais eficaz e eficiente.

— Os sistemas públicos nacionais de informação sobre segurança pública existentes apresentam alto grau de defasagem e incompletude, enquanto os sistemas estaduais são altamente incompatíveis. Esta situação não contribui para a formulação de uma compreensão do problema por parte da sociedade. O resultado é um distanciamento crítico entre a população e o estado no que diz respeito à cobrança de resultados — afirmou a pesquisadora.

Também participaram da mesa Emile Badran, do Instituto Igarapé, e Fernanda Campagnucci, do projeto Pátio Digital da Secretaria de Educação da prefeitura de São Paulo. O evento teve como objetivo reunir acadêmicos, atores da sociedade civil e burocratas que estão pensando (e colocando em prática) formas inovadoras de abrir o governo e maneiras de melhorar a governança através da transparência e do aumento da participação pública no governo.