DAPP participa de oficina voltada para contratação de inovações e poder público

Pesquisadora apresenta resultados de estudo sobre soluções e boas práticas para municípios

há 1 mês


Foto: Paula Tanscheit/WRI Brasil

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP) participou da oficina “Como avançar a contratação de inovações pelo poder público”, que aconteceu no dia 12 de junho no hotel Radisson Paulista, em São Paulo. O evento foi promovido pelo World Bank, WRI Brasil e a Frente Nacional de Prefeitos, em parceria com o Governo Britânico e a Toyota Mobility Foundation e apoio da Felsberg Advogados.

A pesquisadora da FGV DAPP Beatriz Meirelles apresentou resultados gerais da pesquisa feita para o projeto Hub de Inovação para Cidades, que tem como objeto a difusão de soluções inovadoras e boas práticas para municípios, desenvolvido junto com o Ministério de Desenvolvimento Regional. Ela integrou a mesa “Como inovações podem ser contratadas hoje no Brasil?”, ao lado de representantes da Felsberg Advogados e do BrazilLAB, que debateu formas de contratações já usadas pelo poder público e possibilidades de melhora.

— O evento foi uma ótima oportunidade para discutirmos os gargalos e as possibilidades de avanço nas formas de contratação entre poder público e inovadores. O Hub de Inovação para Cidades, do Ministério do Desenvolvimento Regional, pretende ser um efetivo instrumento de difusão de boas práticas e de soluções de inovação, inclusive no que se refere aos casos de sucesso de contratação — afirmou Beatriz.

O workshop discutiu como os governos podem acessar inovações, por meio de contratações ou experimentações, com o objetivo de entender quais são os próximos passos para implementar uma cultura de inovação no poder público brasileiro. Também participaram representantes do governo, startups e outros players do setor.