Ferramentas DAPP

Debate sobre a intervenção federal no Rio ganha maior polarização, aponta análise da FGV DAPP

No debate localizado no estado do Rio, destaque para postagens que destacam operações ocorridas na favela da Rocinha

há 3 semanas

Relatório semanal da Diretoria de Análise de Políticas Publicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP) sobre o debate público no Twitter a respeito da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro somou 69,6 mil menções em uma semana (entre as 10h do dia 20/03 e as 10h do dia 27/03). Esses dados representam uma queda de 66% em relação à semana anterior, porém com crescimento da polarização, que representa mais de metade da discussão. Além disso, o termo “intervenção militar”, usado até então, sobretudo, em oposição à medida, passa a ser associado também a atores favoráveis a militares.

>> Veja estudo completo em PDF

No grafo, o grupo em azul, favorável à intervenção, tem 27% das interações, pouco acima dos 26,8% do grupo em vermelho, que é contrário ao uso de militares na segurança do Rio. Internamente a cada grupo, os tópicos são semelhantes aos das últimas semanas, com, no polo azul, defesa da polícia, do endurecimento de medidas de combate ao crime e do Exército como instituição de maior respaldo que a classe política e o poder Judiciário; e, no polo vermelho, solidariedade à vereadora Marielle Franco e às bandeiras que defendia.

Na última semana, adquiriu contorno ainda mais político, em escala nacional, o debate sobre a intervenção, como resultado do julgamento do ex-presidente Lula no STF e do recrudescimento da presença no Twitter de grupos que defendem a volta do regime militar ao comando do país.

O debate sobre a intervenção federal no Rio de Janeiro concentrou 21,1 mil menções e esteve concentrado em eventos ocorridos na favela da Rocinha, na Zona Sul da cidade. A morte do policial Filipe Santos de Mesquita mobilizou grande parte das menções, que abordaram não apenas o caso em si, mas o quadro de mortalidade policial no estado como um todo.

Confira as íntegras em PDF:

A intervenção federal nas redes | 15.02 a 20.02
A intervenção federal nas redes | 20.02 a 27.02
A intervenção federal nas redes | 27.02 a 06.03
A intervenção federal nas redes | 06.03 a 13.03
A intervenção federal nas redes| 13.03 a 20.03


Veja mais sobre: , ,