Ferramentas DAPP

Diretor da DAPP participa de seminário sobre fake news e uso de robôs nas eleições na sede do TSE

Marco Aurelio Ruediger apresentou o estudo “Robôs, redes sociais e política no Brasil”, que identificou interferências ilegítimas em momentos-chave para o país

há 4 dias

 

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV/DAPP) participou nesta quinta-feira (07/12) do I Seminário Internet Eleições, promovido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pelo Comitê Gestor da Internet, em Brasília.O evento discutiu as novas regras eleitorais e a influência da web nas eleições de 2018, em especial o risco das fake news e dos robôs na disseminação das informações.

– Falar de rede em eleições é falar em evitar mau uso de recursos públicos, evitar assimetrias danosas ao processo democrático, ampliar a transparência e obter consenso mínimo entre atores. Essa tarefa não é trivial — apontou o diretor da FGV/DAPP, Marco Aurelio Ruediger, que participou da mesa de debate “Propaganda Eleitoral e Bots”, apresentando recente pesquisa da FGV/DAPP sobre interferências de contas automatizadas em momentos-chave da política brasileira

O estudo “Robôs, redes sociais e política no Brasil” identificou que robôs chegaram a responder por mais de 20% das interações ocorridas no Twitter durante a greve geral de abril deste ano. Durante as eleições presidenciais de 2014, bots geraram mais de 10% do debate.

— Robôs são um fenômeno sobre o qual temos que pensar, principalmente agora que envolve dinheiro público — complementou Ruediger.

Durante o encontro, ainda foram realizadas outras três sessões: “Fake News, Mídia e Eleições”, “Arrecadação de campanhas via Internet” e “Redes Sociais, identidade e anonimato”. A abertura foi realizada pelos presidente e vice-presidente do TSE, ministros Gilmar Mendes e Luiz Fux, e pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab.

O seminário faz parte da programação do Fórum Internet e Eleições – promovido pelo TSE, pela Escola Judicial Eleitoral e pela faculdade Mackenzie. O evento prosseguirá nos dias 12 e 13 de dezembro (sendo o último dia destinado a um workshop com reuniões reservadas).