FGV DAPP, em parceria com órgãos do governo e sociedade civil, lança Modelo de Referência para Abertura de Dados

Documento faz parte do 4º Plano de Ação Brasileiro firmado no âmbito da Parceria para Governo Aberto (OGP)

há 12 meses

Foi lançado no dia 1º de outubro, o Modelo de Referência para Abertura de Dados, documento que consolida o trabalho desenvolvido pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP) em conjunto com órgãos do governo e organizações da sociedade civil. O documento é resultado do trabalho desenvolvido por atores responsáveis pela execução do Compromisso 2 do 4º Plano de Ação do Brasil, firmado no âmbito da Parceria para Governo Aberto (OGP). 

A FGV DAPP integra, desde 2018, o Compromisso 2 – Ecossistema de Dados Abertos – Monitoramento e Execução que tem como objetivo estabelecer, de forma colaborativa, um Modelo de Referência para publicação de Dados Abertos que promova integração, capacitação e sensibilização entre a sociedade e as esferas de governo federal, estadual e municipal a partir do mapeamento das demandas sociais.

“O principal objetivo do Modelo de Referência é orientar gestores e sociedade quanto à importância do uso e da padronização de dados abertos para a promoção da transparência e da agenda de governo aberto no país”, afirma Beatriz Pinheiro, pesquisadora da FGV DAPP.

O Modelo de Referência para Abertura de Dados se configura como o principal marco do compromisso, visto que pretende, com ampla divulgação nas três esferas de governo, incentivar e padronizar a abertura de dados públicos no âmbito dos entes federativos. 

O documento é resultado dos esforços de trabalho da FGV DAPP, da Controladoria-Geral da União (CGU), do Centro de Estudos sobre Tecnologias Web (Ceweb.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), da Open Knowledge Brasil (OKBr) e do Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC).