Ferramentas DAPP

FGV DAPP fecha parceria com o Estadão para monitoramento do debate político nas redes sociais

Análises semanais buscam acompanhar debates públicos sobre os principais acontecimentos da política nacional

há 1 mês

A Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP) fechou parceria com o Estadão para análises de redes sociais sobre temas políticos. O monitoramento online tem o objetivo de acompanhar e mapear a repercussão dos principais acontecimentos da política nacional e atores políticos no debate público. Às vésperas do início da corrida eleitoral, os estudos são, também, um indicativo de quais assuntos devem estar no radar dos candidatos de 2018.

O relatório DAPP Report — A Semana nas redes é publicado, com exclusividade, semanalmente no Broadcast Político, serviço do Grupo Estado de notícias em tempo real, em suas versões digital e impresso. Logo depois, é divulgado no site e nas redes sociais da Diretoria.

— A equipe da FGV DAPP não escolhe os assuntos, a pauta nos escolhe. Acompanhamos os temas políticos e econômicos de forma ampla e ainda fazemos prognósticos de acordo com o que as pessoas estão percebendo sobre determinado tema nas redes —  afirma Marco Aurélio Ruediger, diretor da DAPP, que também integra o Conselho Consultivo sobre Internet e Eleições do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsável por combater as chamadas fake news durante as eleições.

O monitoramento é feito no Facebook, no Twitter e no Instagram durante a semana a fim de identificar a percepção dos diferentes públicos destas redes sociais sobre os temas que ganharam destaque naquela semana. Além disso, também são identificadas contas automatizadas que influenciam no debate público, como já foi mostrado no estudo “Robôs, redes sociais e política”.

O DAPP Report é uma publicação sem vinculação política ou partidária, que tem o objetivo de disponibilizar uma análise do cenário político brasileiro a partir do debate público nas redes sociais. A metodologia de análise de redes sociais aplicada pode ser aferida na publicação “Nem tão #simples assim: o desafio de monitorar políticas públicas nas redes sociais”.


Veja mais sobre: , ,