Ferramentas DAPP

Julgamento de Lula mobiliza 811 mil menções no Twitter em 18 horas, aponta estudo da FGV/DAPP

Até as 17h, o link do julgamento no canal de Youtube do TRF-4 foi compartilhado em 3,4 mil postagens (0,5% do total)

há 3 meses

O julgamento do ex-presidente Lula mobilizou 811 mil menções no Twitter, no Brasil, da 0h às 18h de quarta-feira (24), já após a confirmação da condenação pelo TRF. Levantamento da FGV/DAPP aponta que, apenas entre as 14h e as 17h, houve mais 250 mil postagens na rede social sobre o evento. Apesar da continuidade do voto dos demais membros do TRF-4, o relator João Pedro Gebran Neto permanece com mais destaque, com menções em 7% no total do debate de hoje (48 mil tuítes).

Até as 17h, o link do julgamento no canal de Youtube do TRF-4 foi compartilhado em 3,4 mil postagens (0,5% do total). Até as 14h, os dois emojis com maior presença no debate eram o de sono (sleeping), que chegou a aparecer em mais de 1% das postagens até o começo da tarde; à tarde, durante a arguição de Gebran, o emoji de maior destaque era o de fogo (uma imagem de uma chama). No entanto, às 17h, o de maior predomínio era o emoji de felicidade (joy), destacado em 5,5 mil tuítes.

Leia também: Na véspera, julgamento de Lula é tema de 533 mil tuítes

Leia também: Julgamento de Lula mobiliza 133,5 mil posts até 10h no Twitter

O perfil de humor @jqteixeira e a conta oficial de Lula foram os dois principais influenciadores do debate, mas começou, no fim da tarde, intensa campanha de retuítes irônicos de uma postagem da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), de 2010, em que ela celebra a aprovação da Lei da Ficha Limpa.

Principais temas (de 0h às 17h de 24/01)

O nome do ex-presidente Lula foi citado, até as 17h, em 76,7% das menções (529,5 mil vezes). Persiste o predomínio absoluto da figura de Lula concentrando o debate sobre o julgamento, mas o juiz Sérgio Moro adquiriu maior participação no assunto durante a tarde, citado, até as 17h, em 26,4 mil publicações.

O volume de menções a políticos da família Bolsonaro continuou aumentando até as 17h: 8,3 mil menções no total. O deputado federal Jair Bolsonaro passou a ocupar o espaço central de referências, substituindo o filho, o também deputado federal Eduardo Bolsonaro, que pela manhã havia feito tuíte com críticas à falta de unidade eleitoral da direita. O tuíte de “Bolsonaro pai” com ênfase “à lei e à ordem”, assim como a ampla repercussão da fala do político, destacando que não acompanha o julgamento nas ruas por insegurança, responderam por boa parte dos engajamentos.

Os trâmites do julgamento, em específico, foram abordados em 356 mil postagens (51,6%). Todos os dez principais emojis usados em tuítes sobre o julgamento são positivos em relação ao resultado do voto dos desembargadores: aplausos, risos, corações etc. O desembargador Leandro Paulsen foi citado em 14 mil postagens.

Hashtags (de 0h às 17h de 24/01)

A principal hashtag do dia contra Lula foi #molusconacadeia, usada em 98 mil tuítes até as 17h. Já a hashtag #lulanacadeia ficou logo atrás, com 92,7 mil referências. Terceira mais importante entre os perfis contra Lula, #cadeiasemlulaéfraude foi citada em 44,7 mil postagens.

Já entre as hashtags de defesa, as principais foram #eleiçãosemlulaéfraude (28,6 mil menções) e #cadêaprova, que apareceu em 84,6 mil tuítes.

Debate por região (de 0h às 17h de 24/01)

A participação de São Paulo (26%), Rio de Janeiro (16%) e Rio Grande do Sul (10%) permaneceu a mesma desde a manhã de quarta-feira, em domínio no volume total de menções ao julgamento. No entanto, ao longo do dia, tornou-se ainda mais disperso o debate proporcional por estados do Brasil. Rio Grande do Norte e Sergipe — ambos com 9% de proporção relativa a todos tuítes dentro de cada estado — são os dois locais em que o julgamento era mais debatido às 17h. Em São Paulo, essa proporção é de 5,6% e, no Rio Grande do Sul, de 4,2%.

No Brasil como um todo, continuou o substancial aumento de participação do julgamento no debate geral do Twitter: 4% de todas as postagens no país até as 17h. Tanto nos Estados Unidos quanto na Argentina o volume de menções ao assunto superou as 24 mil postagens no Twitter.

No total, houve 110 mil menções ao julgamento de Lula fora do Brasil, seja em português, seja em outros idiomas: 64 mil são em espanhol, e 31 mil em inglês.

 


Veja mais sobre: , ,