Ferramentas DAPP

Vitória inesperada de Donald Trump movimenta as redes

Em 24 horas, menções relacionadas às eleições americanas ultrapassam os 74 milhões de tuítes

há 6 meses

A surpreendente eleição do republicano Donald John Trump para o posto de 45º presidente dos Estados Unidos na madrugada desta quarta-feira movimentou as redes sociais. A disputa estado a estado com sua oponente, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton, mobilizou mais de 74 milhões de tuítes no mundo inteiro em 24 horas.

O elevado volume de menções coletadas pela FGV/DAPP entre as 8h de terça-feira e as 8h desta quarta-feira (horários de Brasília) dá a dimensão do impacto da vitória de Trump, apontado como zebra até a reta final por analistas e pesquisas que, em sua imensa maioria, davam vantagem modesta à candidata democrata.

Uma nuvem interativa de palavras mostra os termos mais usados no Twitter para se referir a Trump e Clinton. No cruzamento do volume de referências, é possível observar que termos como “winning”, “elected”, “racist”, “hate”, “black” e “white” aparecem relacionados em sua totalidade ao republicano. Já palavras como “everyone”, “like”, “woman”, “bill”, “lie” e “now” foram escolhidas por quem se referiu a Clinton.

Entre os destaques, também esteve o termo “Florida”, que registrou 4.288 menções ligadas a Trump e 1.099 ligadas a Clinton — a virada do republicano começou com a apuração do estado considerado chave.

Em outra visualização realizada pela FGV/DAPP, é possível verificar através de um mapa de calor a evolução do debate sobre as eleições americanas no Twitter. Ao longo da terça-feira, as menções a Trump e Clinton permanecem equilibradas. Na primeira hora desta quarta-feira, Clinton ganha destaque nas discussões on-line.

Por volta das 4h20, acontece a virada, e as menções a Trump ultrapassam as relacionadas à democrata — a confirmação do triunfo do republicano veio com as projeções de vitória na Pensilvânia e em Wisconsin por volta das 5h30 (horário de Brasília).